quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Esclarecimento

Queridos amigos e amigas, tenho andado sem piquinha nenhuma para escrever, textos, quer em prosa, quer em verso. Deve ser do tempo, ou não...
Mas, e porque não gosto de deixar nada por dizer e esclarecer, venho hoje explicar a história do porquê da suposta masculinidade de Rosa dos Ventos.
Ora bem, conhecendo a minha completa desatenção aos promenores e "truques" bloguistas, disse-me um dia destes uma amiga (esta sei que é fêmia porque a conheço em pessoa).
-Olha lá Bartô, chamas Rosinha e mandas beijos ao Rosa dos Ventos, mas ele é homem pá.
- Hooops, é homem? como é que sabes?
- Olha lá meu tanso, já foste ao perfil dele?
- Eu não, porque carga de água havia de ter ido?
- É que se tivesses ido, percebias que é homem.
- Ah sim? então vou ver.
- Fui ver e... népias, fiquei na mesma.
- Dahhh és mesmo Tóni, se fores ao local e clicares em Ribatejo Norte, vês logo que é homem.
E fui, e cliquei e apareceu-me um "Deckhard" .... chiça! tinha logo de ser hard, pirei-me antes que começasse a arder. Bom, muito sinceramente, não me fazia a menor diferença que Rosa dos Ventos fosse homem ou mulher, só que não havia necessidade de andar a preverter-lhe o sexo. Por isso decidi, num comentário pedir-lhe desculpa pelo equívoco.
Porém, perante a estranheza do comentário de Rosa dos Ventos a minha curiosidade levou-me a fazer a mesma operação no meu perfil, e... surpreza das surprezas, apareceram um porradão de personagens que não têm rigorosamente nada a ver comigo.
Conclusão, a minha amiga, afinal, percebe tanto disto quanto eu, só que com uma diferença, induziu-me em erro, e eu tão parvinho aceitei logo como certa a sugestão dela.
Dahhhh!!!!
Agora é que é a conclusão...
Tudo isto, não resolve a identidade sexual de Rosa dos Ventos, que pode ser Rosa pela parte da mãe e Ventos pela parte do pai, como se pode chamar Maria José Rosa dos Ventos, como José Maria Rosa dos Ventos.
Mas a partir de hoje fica jurado, não volto a meter o nariz no perfil de ninguem.
hehehehehehe
E, Rosinha, tanto dá para mulher, como para homem, portanto ... Avancemos!!!!

6 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Está uma Rosa a tentar minimizar os efeitos do Vento na sua vida e...zás, aparece o Bartô!
Com tanta brincadeira decidi ser apenas um ser virtual - nem homem, nem mulher!
Um abraço especial para o Bartô...
;-))

Bartolomeu disse...

Agradeço-te esse abraço especial e retribuo Rosinha... ser virtual.
Afinal, os Ventos não eram paternos :(, pior.
Só te posso desejar que te livres o mais rápido possível dessas ventanias que te magoam a alma e que ventos de mudança te restituam os bons ares. muitas felicidades Rosinha!!!

Fábula disse...

ahahah! tu e as tuas aventuras, Bartolo... conta mais, please! ;)

Papoila disse...

Nem mais BartÔ... assim é que é ... o perfil não interessa nada.

Jinhos ou abraços
da Madrinha ou do Padrinho

BF

Anabela disse...

Ora bem... Lá passei eu de bestial a besta, ou melhor de anjo da guarda a ohh da guarda que meteste os pés pelas mãos.
Primeiro quero pedir à Rosa por lhe ter mudado o sexo, sem anestesia e pior sem a autorização da própria. Em segundo, admito que a "imagem" do Bart aos beijos a um forcado Ribatejano, me deixou bastante curiosa :o)
Não me alongando em mais disparates, deixo aqui novamente o meu pedido de desculpas a ambos.

Bartolomeu disse...

Cais desculpas Belinha, cais carapuça. Toda a gente se engana, e, quem sabe se a nossa amiga Rosinha não pensou já com os botões dela, em certas alturas (sim, porque todos temos alturas na vida em que, a coisa afigura-se tão lixada, que só nos apetecia ter um foguetão à mão para dar cus pés nistotudo)dizia eu, quem sabe a Rosinha não pensou já, com os botanitos dela...quem me dera ter nascido com uma coisa daquelas cos meninos nascem !?
Quem sabe!?
;)))))