quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Ao acordar...

Entras-me na pele, como a chuva quando penetra a terra sêca
Invades-me os sentidos, como o sol, quando me entra pela janela
Insinuas-te nos meus desejos, como o aroma da fruta madura
Amas-me com loucura, entonteces-me com um brilho que me ofusca
Dás-me o teu gosto a provar, esse gosto doce-amargo de canela
Ofereces-me essa rosa, rubra, que eu desfolho com desejo e brandura

14 comentários:

Anabela disse...

Pra já, se tiver mto seca, num penetra, faz poça .....
Depende da fruta, se estiver mto madura num presta.....
Ahhh, o homem que brilha, eu bi esse filme.....
Estragou tudo, num gosto de canela, só da Gabriela.....
Tás a ber o que dá num "falar" contigo há munto???!!!!

Bartolomeu disse...

ahahahahhah
olha a minha querida Anabelinha!!!!
pois é miuda, andas baldada ha bués, daqui e d'outros sítios ;))
Ora possa... aquilo empoça?
se tu dizes...
para que saibas, pessoalmente prefiro a fruta madura... tem outro sabor e é mais fácil de descascar, alguma, come-se com casca, conforme o apetite seja mais ou menos controlável. Não gostas do sabor da canela?
Até já me garantiram que tem um efeito afrodisíaco. Não posso negar ou confirmar, sabes que em matéria de afrodisíacos, ando sempre em "alta". Mas pelo sim pelo não e para que a coisa se mantenha, venha lá um pastelinho de nata, polvilhado de canela.
;)))))))
Um beijão Anabelinha

Anabela disse...

Eu pelo menos, ainda te "procuro", aqui quero eu dizer :o)

sombra e luz disse...

é anabela...
eu tambem bi esse filme...
era dum pueta e tãotu!!!...

maso maizimpurtante...
erá rôse...
(a tal... oferecida para desfulhada com vrandura e desejo...)

beijinhos

Rosa dos Ventos disse...

"Minha laranja amarga-doce, meu poema..."
Belo o teu poema!

Abraço

lenor disse...

Também quero um pequeno almoço desses, na cama, ao acordar.

Maria disse...

Muito belo....
um excelente poema....

Beijo

Papoila disse...

E acordar assim é como saborear todas as frutas do pomar proibido...

Jinhos
BF

Bartolomeu disse...

Se me procurares, vais ver que me encontras Anabelinha, e tu sabes onde.
;)))

Bartolomeu disse...

;))))))))
Escreves muito bem em Sombrandolês, Sombrinha.
;)))))))

Bartolomeu disse...

Hummm
Roendo uma laranja na falésia Rosinha?
;))))
Ainda bem que gostaste.
;)))))

Bartolomeu disse...

Bom Leozinha, não é difícil de o teres. Basta que cuides bem da laranjeira e terás a fruta desejada.
;))))

Bartolomeu disse...

Ainda bem que gostaste Maria, podes lembrar-te dele, sempre que estejas na tua ilha a apreciar o por-do-sol.
;)))))))))

Bartolomeu disse...

É não é Poila?
Completamente!!
;)))