terça-feira, 4 de novembro de 2008

Parado, quero avançar

Parado, quero avançar
Mas espero, paro para pensar?
Ou... penso em parar?
Não! Eu quero andar!

Hoje vou voltar
Aqui, a este lugar
Sem saber ainda o que esperar
Deste novo regressar

Vou-me sentar a olhar
Olhando o meu andar
E de quem me vem visitar
Conversando com quem quer conversar

Parado, quero avançar
Quero rir e gargalharar
Avançar por avançar
Ou... porque o caminho é andar.

;))))



7 comentários:

lenor disse...

Fui a primeira :)
(vai aos meus links, ao post do fado alexandrino e ao quarto comentário do post do mundo perfeito, que eu venho de lá e estou assim como tu, na risota)

Rosa dos Ventos disse...

E eu fui a 2ª!
Já estava a perder as esperanças...
Desconfio que desapareces para nós sentirmos a falta que nos fazes. :-))
Então vamos lá avançar, Avançando!

Abraço

Bartolomeu disse...

Sinto-me sensibilizado com a demonstração de amizade com que me brindas Leozinha.
;)
Um beijo para ti.

Bartolomeu disse...

Sabes Rozinha, que para mim a amizade não tem podium.
Eu sei Rozinha que não és mulher de desistências.
Eu tambem não, a minha dificuldade está em manter rotinas. acho que devia ter nascido pássaro.
;)

Papoila disse...

Ainda bem que queres avançar...
já estava a tardar :)

beijinho

BF

Bartolomeu disse...

Pois... com a vossa força a empurrar-me não consigo ficar parado... tenho mesmo de avançar!!
;))))
Beijo Rubra Papoila

Fabulosa disse...

andamos sempre para algum lado, não quer dizer que seja sempre para a frente... mas é bom que seja! ;)