quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Ser... ou, não ser.

Pergunto-me com frequência:
O que é o homem?
Um conjunto mecânico e químico, dotado de uma ilusão... sob o efeito da qual, inventa o espaço e o tempo; imagens do espírito!
Então... na sua essência, o homem será somente espírito?!
Ou... o Homem é a interrogação de si mesmo?!

6 comentários:

Catarina disse...

Enigmas existencialistas, amigo Bartolomeu?! : )

A.J.Faria disse...

Amigo, Bartolomeu!

À medida que vamos avançando na vida as respostas a estas questões vão se tornando mais esclarecedoras e profundas.
Tudo dependerá, obviamente, das convicções e valores de cada um.

Um grande abraço!

Bartolomeu disse...

Sempre, Catarina!
Esta "coisa" de me achar, tão incompleto, dá que pensar...
;))))

Bartolomeu disse...

É isso, A.J.Faria!
Assim como a velha e enigmática questão do bem e do mal, do bom e do mau.
A bomba atómica, do ponto de vista americano, foi um bem, do ponto de vista japonês, um mal e do ponto de vista de Einstein começou por ser uma descoberta e um avanço científico, e acabou por ser um tormento de consciência.
;)

Baila sem peso disse...

Ai Bartô, Bartô
esse enigma soou
cá dentro como se imaginou...
será que sou eu
ou eu sou imaginação
e a imagem da vida
é pura ficção??!...
ando tão cansadinha meu amigo
que tudo e nada faz par comigo
e a tua pergunta é resposta
que nunca eu consigo :)))
sei lá eu se sou, se fui
sei que me sinto, quando consinto
e que a minha energia flui :)))

E fui...
(volto outro dia, que isto de ser tem que se lhe diga, e não é com soninho na barriga...ai, na cabeça pois...não, na mente...sei lá!! Olha, onde é que o sono se sente??):)))

Beijinho Bartolomeu, e não fiques a pensar que o juizo já se perdeu :)))...é o que faz andar a vaguear, quando devia estar a ressonar!!! :)

Bartolomeu disse...

;))))
Bom comentário , minha amiga Bailarina!
Gostei... bué!
;)))