quarta-feira, 4 de junho de 2008

E S'Eu Fosse Um Pássaro?

Ah se eu fosse aquele pássaro além
Dono dos céus, senhor das brisas
Se o meu canto, encantasse alguem
Atravessando mágico, essas brumas lisas

Ah se o meu canto fosse ouvido
Se te tocasse o coração solitário
E se, como asa, batendo sem sentido
Encontrando-te, me acalmasse o desvario

Ah se eu fosse aquele pássaro além
Aquele que esvoaça de ramo em ramo
Buscando uns braços que o embalem
Como eu busco os lábios de quem amo

Ah se a brisa me levasse para longe
Se vendavais arrancassem estas penas
Se me transformasse numa ave-monge
Deixaria de dormir pelas empenas

17 comentários:

CamaReira disse...

Ah se eu fosse...
Como é bom sonhar, voar rumo ao paraíso.

Beijos Ardentes

lenor disse...

Eu sei muito bem porque é que tu perguntas uma coisa dessas. É para veres se te respondem assim: se tu fosses uma pássaro, eu era uma passarinha.
Vamos lá a ver se alguém responde desta maneira, se te fazem a vontade.
(eu gostava de comentar outra coisa, mas ninguém te mandou pores este título provocador)

Rosa dos Ventos disse...

E passarias a dormir onde, meu pássaro-monje?
Nalgum convento? :-))

Abraço, grande passarão!

Fatyly disse...

Sonharias...como me puseste a sonhar enquanto te lia.
Ser poeta é isso! Parabéns!

Um abraço

Faço aqui o que é hábito teu, porque o "amor" tem mil vertentes e uma delas é a sinceridade/amizade/humor deixo-te a música que ouvia enquanto te lia:

http://uk.youtube.com/watch?v=nJYZl1Ewoxk

Bartolomeu disse...

Olá Cama na eira!
;)
Dei comigo a reflectir na profissão e concluí que gostaria de ter a profissão de camareiro.
Não porque gostasse de usar uma farda, aliás, nem conheço a farda que compete a essa categoria profissional. A avaliar pela tua foto, imagino que o camareiro use uma camisa branca com peitilho e punhos com folhos, um colete preto, com costas em cetim grenat, calça preta, impecávelmente vincada e faixa de cetim grenat em volta da cintura e sapato preto de verniz.
Se um dia me vir na profissão, desempenhando o cargo de camareiro, vou optar por uma transformação radical da indumentária, a calça vai passar a ser branca, a camisa branca também, sem folhos e sem colarinho, posso ceder na faixa que terá de ser imperativamente na cor azul e determino a abulição do sapato. Em minha opinião, camareiro que se preze de o ser, deve apresentar-se descalço.
Um beijo camareira linda!!!
;))

Bartolomeu disse...

;))))))
Leozinha, Leozinha, estás a entrar nos tenebrosos corredores da minha mente...
;)))
Pois se tu fosses a passarinha que és e eu não fosse mais que uma frágil ave, errando de ramo em ramo, construiríamos um ninho com barbecue... para fazermos uns churrascos e convidar a restante passarada.
;)))))
Amo esta mulher!!!
Ker dizer... esta pássara!!!

Bartolomeu disse...

Olha que não seria má ideia Rosinha Ventanosa.
Um convento vinha mesmo a calhar.
Daqueles perdidos no cimo de um monte, ao jeito dos que se encontram espalhados pelas montanhas do Tibete. Onde eu me pudesse tornar eremita e passasse o resto dos meus dias em reflexão, dentro mas afastado deste mundo cada dia mais opressor.
Abração Rosácea Cardeal

Bartolomeu disse...

Tens um excelente gosto musical Faty, Tribalistas, very gooooood!
Tenho um conceito acerca do amor pela musica. Em minha opinião, esse amor, ou gosto intenso, reflecte uma alma transparente e o desejo de abraçar o mundo.
Um grande beijo Faty!!!!

Fábula disse...

se tu fosses um pássaro eras mais livre porque voavas, voavas (oh que romântico), mas depois vinha de lá um caçador e... pum! (ou seria "e pimba?) ; eheh!

Moura ao Luar disse...

Bom fim de semana pássaro que paira sob o céu azul :-)

Papoila disse...

Podes não ser pássaro mas voas muito bem nas palavras :)

Beijos
BF

sinhã, a. disse...

Se fosses um pássaro - eras verde. :-)

As Sombras de Fim do Dia disse...

Não há quem não tenha sonhado com asas para voar e sonhar. Está fantástico. Bom Feriado!

minucha disse...

o raio das setas que as não vi, homem! risos

valeu a trabalheira.

espero que encontres depois de tanto teres desejado.

efe disse...

um pássaro... ou uma passarola
http://www.canallagos.com/
ShowNews.aspx?ID=7180

;)

Fausta Paixão disse...

querido bartolomeu, vejo que andas a viver uma profunda crise existencial, com as angústias todas assanhadas e as esperanças falidas. Ora, a um homem assim engenhoso como tu não assenta bem este palavreado meio efeminado de quem está quase a morrer de penas...
tu por favor arrebita e mostra que és homem...
beijos faustosos.

minucha disse...

Quero mais!