terça-feira, 14 de agosto de 2007

Será...

Será de fera ou de fogo
esse grito louco que me fere
e não consigo conter?

Será de pedra ou de ferro
esse muro que me prende
e que não consigo erguer?

Será de nada ou de tudo
este desejo fervente
que não me deixa mover?

Será de hoje ou amanhã
esta vida latente
que me obriga a viver?

Será a força pungente
que obriga o universo a girar
que empurra toda a gente
e que me impele a gritar?

20 comentários:

Maria Eduarda Horta disse...

Será... é e será: belo!

Maria disse...

Não sei o que será, sei que é muito bonito...

Bartolomeu disse...

Esperemos que seja Maria Eduarda.
Esperemos que revemente a humanidade se una num grito, num grito objectivo, contundente e regenerador.
É urgente que esse grito se solte, é urgente que renasçamos desse grito.
É urgente que nos reconheçamos na beleza individual e colectiva.

Bartolomeu disse...

Eu também não sei Maria. Aquilo que julgo saber é o resultado daquilo que sinto e aquilo que sinto é a urgência de ser, mas ser em união, a um rítmo, uma cadÊncia que seja a mesma do universo.
O mundo esá desajustado Maria, todos sentimos isso, e sabemos que para repor o seu equilíbrio é necessário encontrarmo-nos, é necessário uma acção radical de rompimento com o rame-rame para que se reinicie a caminhada, avançando, sempre.

Fábula disse...

não sei porque será... leio-me aqui! =)

Bartolomeu disse...

Talvez essa tua leitura traduza uma empatia de ideias Fabulosa Fábula.
Muito provávelmente sentes crescer dentro de ti esse grito ardente que desesperadamente tentas soltar.
Acredito que ha uma comunicação estreita entre o olhar, o sentir e o coração, e, aquele grito que se avoluma dentro de nós, será muito provávelmente o símbolo que nos identifica.

Papoila disse...

O que será.. que será???
Derruba todos os muros e grita... bem alto
eu quero te ouvir.

Beijos
BF

Bartolomeu disse...

Tambem quero ouvir-te Papoila.
Para que o grito seja ouvido, tem de ter companhia.
Quem sabe vamos dar início ao movimento nacional do grito.

Su disse...

seá tudo isso?

será?

não sei ....

encontra.te primeiro e diz.me depois:))))))))))

jocas maradas de interrogações

Bartolomeu disse...

Se queres saber, Su, vais ter de caminhar ao meu lado e... arriscar.
:))

Su disse...

bart..perdias ....pois não arriscas:)))))))))))eheheh
jocas maradas

Rosa dos Ventos disse...

Será tudo isso e ainda o que calas nesse grito mudo que ainda não lançaste!

Bartolomeu disse...

Su, só se perde aquilo que já se possui, o que ainda se irá possuir, não ha forma de o poder perder.
digo eu... em grego.
:))))

Bartolomeu disse...

Hummm
Sabes Rosinha?
Sinto que estás a entrar no mais recôndito da minha alma.
feeling's... just feeling's

Su disse...

grita...................mas diz depois qq coisa............
jocas maradas de gritos

winkle disse...

será este o mesmo grito que nasce dentro do meu peito e parece querer que o solte?

será que o vou continuar a tentar ignorar ou que o vou deixar...
acontecer.

ele grita dentro de mim..é agora a minha vez de gritar.

bj

Bartolomeu disse...

Ok Su, combinado.
;)))

Bartolomeu disse...

Winky my dear...
O grito que se quer soltar de ti é de raiva, ou de dôr?
De guerra ou de paz?
De impotência, ou de libertação?
De desejo, ou de resignação?
De esperança, ou desilusão?
Ou de vontade e de querer?
Have a kiss, from me
:))

Susana disse...

http://www.youtube.com/v/sYyg_5JyyN0&hl=en&fs=1

cinderela_30

Bartolomeu disse...

Olá Cindy, bons serás te vejam de novo!
;)