sábado, 3 de junho de 2023

 A mim, Ele me ensinou tudo

Ele me ensinou a olhar para as coisasEle me aponta todas as cores que há nas floresE me mostra como as pedras são engraçadasQuando a gente as tem na mão e olha devagar para elas

(Alberto Caeiro)


4 comentários:

lenor disse...

Pedras intrincadas, como o autor do poema.
:)

Bartolomeu disse...

Imagina; estas pedras aparecem no meu jardim. São argila e greda que pelo efeito de alterações climatéricas e por esta ser uma zona vulcânica, chegaram à superfície com uma forma achatada. Quando quebradas, revelam um núcleo de diferentes camadas, colorações e formas. Uma beleza.

ematejoca disse...

Olhar devagar para a beleza das pedras, ninguém me ensinou, nasceu comigo‼️

Bartolomeu disse...

:) É um dom!