segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Vem... vem dançar!!!

Coloca o teu vestido de estrelas e vem dançar
Deixa-me guiar os teus passos, sente a musica
Nesta valsa que faz o meu e o teu corpo vibrar
Sente neste momento a nossa existência unica

Coloca o teu colar de pérolas e de sonhos
Coloca os teus sapatos mágicos e vem dançar
Deita fora os teus pensamentos velhos
deixa o teu sorriso e os teus olhos brilhar

Dança sempre, dança, rodopia sem parar
Deixa que os teus sentidos se inebriem
Tens os meus braços para te amparar
Sente o gosto dos meus olhos que se riem

Ri também, solta o espírito nesta dança
Solta o corpo, solta a alma e os cabelos
Deixa que a razão se perca na mudança
De velhos tempos para novos bem mais belos

26 comentários:

sombra e luz disse...

bartolomeu... isto é conversa de homem apaixonado... que bom...

beijinhos
Feliz Natal e Bom Ano

Bartolomeu disse...

Sentirmo-nos apaixonados é bom, muito bom, não achas Sombrinha?
Mas dançar, sentir o efeito da música e transmiti-lo e recebê-lo é tambem excelente, não achas Sombrinha?
Um beijo mulher linda!!!

lenor disse...

Não sei se as músicas de valsas têm letras. Têm? Não têm? Mas se tiverem é esta! Agora, estar a lê-la, foi como dançar uma valsa.
Dás-me esta dança, Bartolomeu?

Bartolomeu disse...

A tua primeira pergunta é de difícil resposta Leozinha... a única valsa cantada que conheço é a que vai a seguir, daquele rapaz que me disse para te oferecer pérolas de chuva, vindas de um país que ele não conhece. à segunda pergunta, respondo directamente e sem pestanejar: esta dança é tua!!!

Jacques Brel
La valse à mille temps

Au premier temps de la valse
Toute seule tu souris déjà
Au premier temps de la valse
Je suis seul mais je t'aperçois
Et Paris qui bat la mesure
Paris qui mesure notre émoi
Et Paris qui bat la mesure
Me murmure murmure tout bas

Une valse à trois temps
Qui s'offre encore le temps
Qui s'offre encore le temps
De s'offrir des détours
Du côté de l'amour
Comme c'est charmant
Une valse à quatre temps
C'est beaucoup moins dansant
C'est beaucoup moins dansant
Mais tout aussi charmant
Qu'une valse à trois temps
Une valse à quatre temps
Une valse à vingt ans
C'est beaucoup plus troublant
C'est beaucoup plus troublant
Mais beaucoup plus charmant
Qu'une valse à trois temps
Une valse à vingt ans
Une valse à cent temps
Une valse à cent ans
Une valse ça s'entend
A chaque carrefour
Dans Paris que l'amour
Rafraîchit au printemps
Une valse à mille temps
Une valse à mille temps
Une valse a mis le temps
De patienter vingt ans
Pour que tu aies vingt ans
Et pour que j'aie vingt ans
Une valse à mille temps
Une valse à mille temps
Une valse à mille temps
Offre seule aux amants
Trois cent trente-trois fois le temps
De bâtir un roman

Au deuxième temps de la valse
On est deux tu es dans mes bras
Au deuxième temps de la valse
Nous comptons tous les deux une deux trois
Et Paris qui bat la mesure
Paris qui mesure notre émoi
Et Paris qui bat la mesure
Nous fredonne fredonne déjà

Au troisième temps de la valse
Nous valsons enfin tous les trois
Au troisième temps de la valse
Il y a toi y a l'amour et y a moi
Et Paris qui bat la mesure
Paris qui mesure notre émoi
Et Paris qui bat la mesure
Laisse enfin éclater sa joie.

:))))

Sirk disse...

Uau!

Bartolomeu disse...

Huau... huau... hauf...hauf... caínnn... caínnn... caínnn.
;))))
Um beijo Sirkinha!!!

Rosa dos Ventos disse...

Que convite aliciante...se fosse comigo aceitava, embora não tenha a maior parte desses adornos! :-))

Abraço

Bartolomeu disse...

Os adornos são o menos importante Rosa, aliás, tudo se passa a nível do corpo e dos sentidos. As estrelas imaginam-se, os sonhos vivem-se e os sorrisos desejam-se.
Um grande, grande sonho de amor Rosinha!!!

lenor disse...

Desta vez não esperamos pelo carnaval (não sei se és como eu, que geralmente só danço pelo carnaval) para dançar.
Um beijo, Bartolomeu.

Bartolomeu disse...

Eu...Eu danço sempre que a música me agrada, seja carnaval, ou entrudo.;)))
O que conta são dois factores, que a música soe e que a bailarina me acompanhe. Sendo assim... siga a música!!!
Um beijão Leozinha!!!

psique disse...

A musica, a dança e o amor... VIVA
beijos meu caro Bartolomeu

Bartolomeu disse...

VIVA!!! Psyc
VIVA!!! o amor
VIVA!!! a dança
VIVA!!! a música
VIVA!!! a magia
VIVA!!! o amor
VIVA!!! Psyc
A big big SHMAAAACK
;)))

david santos disse...

Passei para desejar-lhe um bom final de 2007 e um bom ano de 2008.

Aproveito para LHE pedir que participe na blogagem colectiva que se realiza amanhã, dia 17, em prol da menina Flávia

lenor disse...

Bartolomeu, já me parti a rir com a tua auto-citação em japonês no post "Reforma silenciosa" no 4R. Tu és demais :)))
Beijo.

Popper disse...

Continua. Feliz Natal e Bom Ano.

♥≈Nღdir≈♥ disse...

Os meus sinceros votos de BOAS FESTAS.
Espero que o Pai Natal seja generoso e que distribua muito amor, paz, saúde e carinho.

Mil Beijos ≈©≈♥Ňąd¡®♥≈©≈

isabel mendes ferreira disse...

não Bartolomeu. não trago vestido de estrelas....antes de luas.
pode ser.

para que me adezembre de hipotético futuro.


deixo um beijo. de tudo Bom.

Um Momento disse...

Danço ao sabor das tuas letras...
Nesta valsa que me faz cintilar
Umas boas Festas te venho eu desejar:)))

Tudo de muito Bom Bartolomeu

Beijo grande
(*)

Bartolomeu disse...

Olá David Santos!
O caso que denuncia, infelizmente com paralelos pelo mundo, reflecte, a par com o infortúnio a ligeireza com que assuntos pretinentes, que dizem respeito aos direitos comuns, são tratados pela justiça dos paízes.
Acções como a que demonstra são de toda a utilidade e justiça.
Um abraço David Santos!

Bartolomeu disse...

Oi Leozinha, fica provado que o tradutor on-line, tambem pode ser uma ferramenta de divertimento.
;)))

Bartolomeu disse...

Popper, caro amigo, tenciono continuar, conto com a amizade dos que me visitam... continuar sozinho deve ser um tanto monótono.
;))

Bartolomeu disse...

Olá Nadyr my goood friend!
Sabes? Escrevi uma carta ao pai natal, disse-lhe que me tenho portado muito bem e que se não fôr muito incomodo para ele, gostaria de receber uma boneca, como prémio pelo meu comportamento. Adoro brincar com bonecas e não sou muito exigente, não preciso que sejam muito sofisticadas, ou que falem muito, aprecio as voluntariosas, graciosas, em suma... amorosas, semelhantes à flores, de preferência... às rosas!
;))))
Um excelente Natal, minha amiga!!!

Bartolomeu disse...

Olá Isabel Ferreira!!
O essencia é estarmos dispostos a sonhar, desde que sim, todos os astros se conjugarão para ajudar a tornar a dança da vida, num sonho autêntico.
A very big, big kiss for you!

Bartolomeu disse...

Um momento!!! Pára tudo!!! Um momento!!!
Vamos assistir à dança que a nossa querida momento vai executar, ao som da valsa do Bartô.
;)))
Dança sim minha querida amiga, dança sempre, mesmo que o chão esteja torto. Fecha os olhos e entrega o corpo e os sentidos ao rítmo.
Afinal tudo no universo vibra ao compasso de um rítmo e não convem mesmo nada quebrar ou interromper esse rítmo.
Um beijo Momentâneo!!!

Papoila disse...

Que bom ser amparada por um braços assim..........hummmmmmmmmmm

Beijos
BF

Bartolomeu disse...

Olá Poilinha linda!!!
Dancemos então... taran...tan...tan...tan... taran...taran...
taran...tan...tan...tan... taran...taran...
tan...tan...tan...
(isto pretender ser qualquer coisa do João Sebastião Bach)
;))))
Um mutíssimo bom Natal no teu campo de inebriantes papoilas!!
Um beijáço!!